Patrocínio:

Koeler & Galvão Sociedade de Advogados. Logotipo 1 2018.

7. O custo inerente ao Blockchain: reflexão inicial usando o modelo BITCOIN.

 

O funcionamento de uma plataforma blockchain ou a utilização da plataforma blockchain demanda despesas pois existe um custo operacional seja na manutenção da plataforma, seja para a utilização da tecnologia.

 

Por isto, devemos refletir sobre o custo inerente ao blockchain, ou seja, quanto é gasto para a utilização e funcionamento da plataforma e da tecnologia.

 

Vamos pegar como exemplo a blockchain BITCOIN para analisarmos os custos.

 

Um primeiro custo relacionado ao blockchain BITCOIN é o valor dispendido por cada participante ou usuário para simplesmente participar da rede como um nó (node) ou minerador (miner), independente da realização efetiva da atividade de mineração. Para esta participação inicial, será necessário um computador (hardware) - $$$ -, a energia para o seu funcionamento - $$$ -, os programas e aplicativos (softwares) - $$$ - e o acesso a redes pelas quais possamos acessar uma blockchain, sendo o padrão atual o acesso pela internet utilizando o padrão TCP/IP- $$$ -.

 

Um segundo custo muito mencionado é o relacionado a atividade de mineração. Quando os mineradores ou nós realizam efetivamente a atividade de mineração eles precisarão, na atualiade, de muito mais investimento e custos do que aqueles necessários a serem tão somente um nó sem a finalidade de minerar.

 

Realizando a mineração na plataforma blockchain BITCOIN, os mineradores terão que buscar sucesso na PROVA DE TRABALHO (Proof of Work) através da vitória por meio da mais rápida solução de problemas matemáticos altamente complexos e que, para serem resolvidos, demandam um enorme poder computacional e equivalente dispêndio de energia elétrica.

 

O dispêndio financeiro relacionado ao consumo desta energia elétrica para o funcionamento deste poder computacional é enorme, valendo a leitura de algumas notícias críticas sobre o tema:

- https://epocanegocios.globo.com/Tecnologia/noticia/2018/05/epoca-negocios-bitcoin-podera-consumir-05-da-energia-eletrica-do-mundo-ate-o-fim-do-ano.html

- https://portaldobitcoin.com/estatisticas-do-consumo-de-energia-da-mineracao-de-bitcoin/

- https://www.dn.pt/mundo/interior/gasto-de-energia-com-bitcoins-pode-ultrapassar-o-consumo-de-todas-as-casas-9114716.html

- https://lojaluz.com/consumo-eletrico-industria-bitcoin

- https://canaltech.com.br/infra/mineracao-de-bitcoin-ja-consome-mais-energia-do-que-20-paises-europeus-104054/

 

Todavia, as referências acima feitas são da blockchain BITCOIN, sendo que cada blockchain terá o seu cálculo de custos inerentes ao seu funcionamento.

 

Entendemos ser importante conhecer a ideia dos custos, seja para compreender as peculiaridades do funcionamento das blockchains, seja para sempre ter me mente as necessidades financeiras para a utilização e desenvolvimento de novas soluções tecnológicas.

 

 

 

Please reload

Our Recent Posts

Curso "Blockchain e suas aplicações" do BNDES é compartilhado com a Administração Pública através de Curso em Brasília na ENAP - Escola Naci...

July 7, 2019

Blockchain History: Genesis (1980–2009)  

Publicado em MEDIUM por Tony Vazz em 23 de maio de 2019

Blockchain History: Genesis (1980–2009)

June 8, 2019

Kik - Guide for Law Enforcement

June 6, 2019

1/1
Please reload